Páginas

domingo, 25 de maio de 2008

Alma Guerrilheira




Vou te fazer guerrilheira,
minha flor.
Embalsamar-te de raio materno
Pra que teu viver seja eterno
e perpetues a filha primeira,
minha flor!

Vou te fazer guerrilheira,
minha cor.
Pintar-te de alegria suprema
pra que olvides todo o dilema
do querer acuado em trincheiras,
minha cor!


[DiAfonso]

Um comentário:

Maybe Tomorrow disse...

Demais ! Que transpirar de paixão !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...